Ecoat

E-Coat

Electrocoat, KTL, CED, ou simplesmente E-COAT, são termos não tão conhecidos por todos dentro do mundo das tintas, porém referem-se a uma tecnologia muito avançada de pintura, utilizada em larga escala no setor automotivo (carrocerias de carros, chassis, cabines de caminhão, autopeças em geral), mas também com utilização comum em vários outros segmentos, como esquadrias metálicas (portas e janelas), implementos agrícolas, peças de eletrodomésticos, estruturas de mobiliário, e até mesmo armamentos e bijuterias, entre outros.

De características muito peculiares, envolvendo um processo de pintura muito elaborado, altamente automatizado (ou automatizável), baseando em tanques de imersão para pintura e lavagem, utilizando tintas com alto apelo ambiental (base água, com baixos teores de solventes orgânicos, isentas de metais pesados, baixos teores de emissões) e ótimas propriedades aplicativas e de proteção anticorrosiva.

Este processo utiliza a aplicação de uma tensão (voltagem) sobre a peça e a tinta no tanque. Através de 4 fenômenos físico-químicos distintos (eletrolise, eletroforese, coagulação e eletroendosmose), deposita-se uma camada uniforme de tinta, que é posteriormente reticulada após um período em estufa, obtendo-se um filme com ótimas propriedades mecânicas e adequado para receber outras camadas de pintura, conforme o caso.

O apelo ambiental não fica restrito à tinta, mas também é observado em outros aspectos, como por exemplo, o sistema de lavagem fechado (closed-loop), o que garante o reaproveitamento contínuo de todos os excessos de tinta aplicada.

Muitos segmentos têm se revelado como potenciais usuários para essa tecnologia de pintura.

Saiba mais em nosso Curso Online de Electrocoat Basics.

 

Por Daniel Sutti

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.